Ministro garante: “não haverá redução de direitos dos trabalhadores”

Governo e centrais sindicais irão se reunir na segunda quinzena de janeiro para debater as medidas sobre Previdência Social, seguro desemprego e seguro defeso

387

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, afirmou que “o compromisso do governo é com a manutenção dos direitos, valorização do salário-mínimo e com o diálogo permanente”. A declaração consta em uma nota divulgada à imprensa na quinta-feira (8).

No texto o ministro combinou a realização de uma reunião com as centrais sindicais para a segunda quinzena de janeiro com o objetivo de "esclarecer e discutir com os dirigentes as medidas sobre Previdência Social, seguro desemprego e seguro defeso".  

Confira o texto na íntegra:

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, entrou em contato na tarde de quinta-feira, 8, com as lideranças das Centrais Sindicais e acordou reunião para a segunda quinzena janeiro. 

Nesta reunião, o governo vai esclarecer e discutir com os dirigentes as medidas sobre Previdência Social, seguro desemprego e seguro defeso. O ministro garantiu que não haverá redução de direitos dos trabalhadores. As medidas têm como objetivo corrigir distorções e assegurar a continuidade das políticas de proteção social. 

“O compromisso do governo é com a manutenção dos direitos, valorização do salário-mínimo e com o diálogo permanente”.

Com Portal Brasil